A exposição da carne: condutas sexuais de carmelitas reformados na América portuguesa do século XVIII

  • André Cabral Honor PMJP - Prefeitura Municipal de João Pessoa
Palavras-chave: carmelitas, conduta sexual, boatos

Resumo

Motivado pelos constantes questionamentos que lhe são feitos sobre o comportamento dos religiosos na América portuguesa, o autor, por meio do presente artigo, analisa três casos do século XVIII que envolveram denúncias de conduta sexual de frades carmelitas seguidores da Constituição Turônica, adotada nos conventos da Cidade da Paraíba, Recife e Goiana. As peças documentais, objetos desse estudo, foram retiradas dos fundos portugueses Arquivo Nacional da Torre do Tombo e Arquivo Histórico Ultramarino. Aplicando as ferramentas teórico-metodológicas da micro história italiana, procura-se compreender esses acontecimentos não como uma parte que demonstra o todo, mas sim como um pedaço da complexidade de uma realidade maior, na qual está inserida a presença portuguesa nos trópicos. Partindo desse pressuposto teórico, pretende-se analisar as motivações que levavam esses desvios de conduta a tornarem-se objetos de denúncias às autoridades religiosas e administrativas da América portuguesa. Esses relatos adquiriam novas dimensões ultrapassando o status de boatos corriqueiros para transformarem-se em reprimendas a esses religiosos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BORROMEO, Carlo. Instrucciones de la fábrica y del ajuar eclesiásticos. Introdução, tradução e notas de Bulmaro Reyes Coria. Ciudad del México: Imprenta Universitária/UNAM, 1985.

FRADE, Gabriel. Arquitetura sagrada no Brasil: Sua evolução até as vésperas do Concílio Vaticano II. São Paulo: Loyola, 2007.

HONOR, André Cabral. O verbo mais-que-perfeito: uma análise alegórica da cultura histórica carmelita na América portuguesa. Belo Horizonte: Fino Traço, 2013.

LOCKHART, James; SCHWARTZ, Stuart B. A América Latina na época colonial. Trad. Maria Beatriz de Medina. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2002.

MAROTO, Daniel de Pablo. Historia de la espiritualidad cristiana. 2 ed. Madrid: Editorial de Espiritualidad, s.d..

SCHWARTZ, Stuart B. Cada um na sua lei: tolerância religiosa e salvação no mundo atlântico ibérico. Trad. Denise Bottman. São Paulo: Companhia das Letras; Bauru: EDUSC, 2009.

SCIADINI, Frei Patrício. O Carmelo: História e Espiritualidade. São Roque: Carmelitanas, 1993.

SMET, Joaquín. Los carmelitas: Historia de la Orden del Carmen, las reformas. En busca de la autenticidad (1563-1750). Madrid: Biblioteca de autores cristianos, 1990.

SOUZA, Laura de Mello e. O diabo e a terra de Santa Cruz: feitiçaria e religiosidade popular no Brasil colonial. 2 ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2011.

Publicado
2014-12-04
Como Citar
Honor, A. C. (2014). A exposição da carne: condutas sexuais de carmelitas reformados na América portuguesa do século XVIII. Oficina Do Historiador, 7(2), 197-220. https://doi.org/10.15448/2178-3748.2014.2.17779