As (re)descobertas dos viajantes e exploradores no Egito dos séculos XVIII e XIX

  • Natália Munaro de Leão PUCRS
Palavras-chave: Exploradores, Egito Antigo, monumentos.

Resumo

Este estudo tem como objetivo explicitar o contexto do Egito Antigo nos séculos XVIII e XIX e as conseqüências políticas, econômicas e culturais que permitiram que diversos viajantes e exploradores danificassem e saqueassem o patrimônio desse país, composto de diversas antiguidades entre objetos e monumentos. Além de analisar algumas implicações que todos esses fatores provocaram nos artefatos egípcios, esse trabalho aborda as principais atitudes adotadas para a conservação e preservação das mesmas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Natália Munaro de Leão, PUCRS
Mestranda pelo Programa de Pós Graduação em História pela PUCRS e bolsista CAPES. Pesquisa na área de história antiga e arqueologia histórica das cidades.

Referências

BURLEIGH, Nina. Miragem: os cientistas de Napoleão e suas descobertas no Egito. São Paulo: Landscape, 2008. 295 p.

GRIMAL, Nicolas. História do Egito Antigo. Tradução de Elza Marques Lisboa de Freitas. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2012. 499 p.

HAGEN, Rose-Marie; HAGEN, Rainer. Egipto: pessoas, deuses, faraós. Tradução de Maria da Graça Crespo. Lisboa: Taschen, 2003. 240 p.

JOHNSON, Paul. Egito Antigo. Rio de Janeiro: Ediouro, 2010. 463 p.

SCHULZ, Regine; SEIDEL, Mathias (orgs.). Egipto: arte e arquitetura. Tradução de Joana Assunção. Colônia (Köln): Könemann, 2006. 608 p.

_____. Egipto: o mundo dos faraós. Tradução de Luís Anjos et alli. Colônia (Köln): Könemann, 2001. 538 p.

SILIOTTI, Alberto. Egito. Barcelona: Folio, 2006. 288 p.

_____. Primeiros descobridores: a descoberta do Antigo Egito. Barcelona: Folio, 2007a. 192 p.

_____. Viajantes e Exploradores: a descoberta do Antigo Egito. Barcelona: Folio, 2007b. 191 p.

TIRADRITTI, Francesco (ed.). Tesouros do Egito: do museu egípcio do Cairo. São Paulo: Manole, 1998. 416 p.

VERCOUTTER, Jean. Em busca do Egito esquecido. Rio de Janeiro: Objetiva, 2002. 176 p.

Publicado
2015-07-03
Como Citar
de Leão, N. M. (2015). As (re)descobertas dos viajantes e exploradores no Egito dos séculos XVIII e XIX. Oficina Do Historiador, 8(1), 177-193. https://doi.org/10.15448/2178-3748.2015.1.16747