História e desenvolvimento da atividade pesqueira no Litoral Norte do Rio Grande do Sul (Século XVII – XX)

  • Lucas Antonio da Silva UFPel
Palavras-chave: Pesca, Litoral, Viajantes

Resumo

A pesca no litoral do Rio Grande do Sul é uma atividade desenvolvida desde o início da ocupação dessa região. Contudo, os registros mais consistentes da pesca, conhecidos por arqueólogos, são os Sambaquis. Estes apresentam uma série de artefatos característicos para a realização dessa atividade, como, por exemplo, anzóis, pesos de rede, etc. A partir da colonização portuguesa, pouco se conhece sobre a pesca no litoral sul rio-grandense, nem sobre a existência de grupos de pescadores na costa e o desenvolvimento dessas comunidades. Portanto, este estudo tem como objetivo compreender o desenvolvimento da atividade pesqueira no litoral norte do Rio Grande do Sul, assim como evidenciar os principais fatores que levaram ao desenvolvimento das comunidades pesqueiras da região.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lucas Antonio da Silva, UFPel
Professor Msc. na Universidade Federal de Pelotas. Departamento de Antropologia e Arqueologia

Referências

BASTOS, F. 1935. Noite de reis: narrativa histórica. Porto Alegre: Globo, 254 p.

CESAR, G. 1981. Primeiros cronistas do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Ed. da UFRGS, 2ª. Edição, 231 p.

DIEGUES, A.C. 2004. A Pesca Construindo Sociedades. São Paulo: NUPAB – USP.

DREYS, N. 1990[1839]. Notícia Descritiva da Província do Rio Grande de São Pedro do Sul. Porto Alegre: Nova Dimensão, 143 p.

FESTUGATO, E. 1994. Torres de Antigamente: crônicas e memórias. Caxias do Sul, 144 p.

MARCÍLIO, M.2006. Caiçara, terra e população. São Paulo: Edusp, 2° edição, 274 p.

MURI, G. 1992. Remembranças de Conceição do Arroio. Porto Alegre: Jollo, v. 3, 128 p.

________.1995. Remembranças de Conceição do Arroio. Porto Alegre: v. 4, 143 p.

ROQUETTE-PINTO, E. 1962[1906]. Relatório de excursão ao litoral e à região das lagoas do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: UFRGS, 80p.

SAINT HILAIRE, A. 1987[1820]. Viagem ao Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Martins Livreiro, p. 11-19.

SANTOS, M. S. 2005. Origens de Capão da Canoa (1920-1950). Porto Alegre: EST Edições, 2005, 134 p.

SCHOSSLER, J. C. “As nossas praias”: os primórdios da vilegiatura marítima no Rio Grande do Sul (1900 – 1950). 2010, 220 p. Dissertação (Mestrado em História) Programa de Pós Graduação em História –PUCRS, Porto Alegre, 2010.

SILVA, M. R. 1985. Navegação Lacustre Osório-Torres. Porto Alegre: Luzzatto Editores, 140 p.

SILVA, L. Pescadoras da Barra do João Pedro, um estudo etnoarqueológico. Dissertação (Mestrado em História) Programa de Pós-Graduação em História, PUCRS, Porto Alegre, 2012.

SOARES, L. S; PURPER, S. 1985. Tramandaí: terra e gente. Tramandaí: AGE, 127 p.

SOARES, L. S. 2008. Tramandaí – Imbé: 100 anos de história. Porto Alegre: EST edições, 348 p.

VILLWOCK, J. A.; TOMAZZELI, L. J. 1995. Geologia costeira do Rio Grande do Sul. Notas técnicas, Porto Alegre, n. 8, p. 1-45 p.

Publicado
2014-07-09
Como Citar
da Silva, L. A. (2014). História e desenvolvimento da atividade pesqueira no Litoral Norte do Rio Grande do Sul (Século XVII – XX). Oficina Do Historiador, 7(1), 85-105. https://doi.org/10.15448/2178-3748.2014.1.14354
Seção
Artigos