UMA SEGUNDA LEGALIDADE POR JANGO (1964)

  • Luciano Aronne Abreu PUCRS
Palavras-chave: Legalidade, Leonel Brizola, João Goulart, Ildo Meneghetti, Golpe Militar

Resumo

Entre os dias 1 e 3 de Abril de 1964, em Porto Alegre, Leonel Brizola liderou a chamada Segunda Campanha da Legalidade, movimento de resistência à deposição do Presidente João Goulart pelos militares. Tal movimento, conforme o discurso dos seus próprios líderes, tinha claramente por referência a Campanha da Legalidade de 1961, inclusive em suas estratégias de mobilização militar e popular, com a formação de uma Segunda Cadeia Radiofônica da Legalidade. Descrever e compreender este movimento, destacando suas possíveis relações políticas regionais e nacionais são os objetivos centrais deste estudo. Os jornais Correio do Povo, Diário de Notícias, Folha da Tarde e Última Hora, de Porto Alegre, se constituíram nas suas fontes de pesquisa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciano Aronne Abreu, PUCRS
P
Publicado
2013-06-28
Como Citar
Abreu, L. A. (2013). UMA SEGUNDA LEGALIDADE POR JANGO (1964). Oficina Do Historiador, 6(1), 126-144. Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/oficinadohistoriador/article/view/13273
Seção
Artigos