DE RESTOS A RASTROS: OS SAMBAQUIS DE CUBATÃO/SP E A CONSTRUÇÃO DE UMA PRÉ-HISTÓRIA BRASILEIRA

  • Marília Oliveira Calazans USP
Palavras-chave: Sambaqui, pré-história brasileira, Cubatão

Resumo

Os sambaquis são um testemunho fundamental da complexidade da ocupação do território sul-americano. Contraditoriamente, nunca ocuparam um papel central nos debates da Arqueologia brasileira, que se dedicou por muitas décadas a estabelecer grandes modelos de Pré-história. Restos acidentais da atividade humana, sítios enigmáticos, monumentos: as diferentes formas de conceber os sambaquis ao longo dos séculos pós-colonização atestam que, da especificidade destes sítios, emergem questões sociais, científicas e institucionais que permeiam toda a história da Arqueologia. Neste artigo, verificaremos a evolução deste debate por meio das pesquisas realizadas nos sambaquis da cidade de Cubatão/SP.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marília Oliveira Calazans, USP
Mestranda em História Social pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo
Publicado
2013-06-28
Como Citar
Calazans, M. O. (2013). DE RESTOS A RASTROS: OS SAMBAQUIS DE CUBATÃO/SP E A CONSTRUÇÃO DE UMA PRÉ-HISTÓRIA BRASILEIRA. Oficina Do Historiador, 6(1), 84-104. Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/oficinadohistoriador/article/view/12999
Seção
Artigos