A favelofagia: a criação de um novo cânone literário a partir da favela

Palavras-chave: Rio de Janeiro. Favela. Literatura.

Resumo

O Bando Editorial Favelofágico é um coletivo literário e uma editora sem fins lucrativos que surge no Rio de Janeiro, no complexo de Manguinhos, em 2015. O coletivo tenciona promover autores das periferias que se identificam com uma perspectiva contra- -hegemônica, com respeito ao padrão literário e social dominante, no intuito de construir um movimento literário contra-hegemônico, plural, politizado, engajado, livre dos cânones e sedento de prática e transformação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luana Loria, Universidade Federal De Santa Catarina (UFSC)

Doutora Interdisciplinar em Ciências Humanas pela Universidade Federal de Santa Catarina, (UFSC), Florianópolis, SC, Brasil.

Referências

ANDRADE, C. D. (2007). Favelário nacional. In: Corpo (pp. 111-127). Rio de Janeiro: Favelário Nacional. Record.

BENEVENUTO, S. J. Literatura marginal: A escrita como arma e instrumento de inserção cultural. Texto integrante dos Anais do XVIII Encontro Regional de História: O historiador e seu tempo, ANPUH/SP – UNESP/Assis, 2006.

DE HOLLANDA, Heloise Buarque. Entrevista Viva Favela. (2007). Disponível em: http://www.heloisabuarquedehollanda.com.br/viva-favela/

FELIPE, E.; TARUMIM, F. Grãos Imastigáveis: Contos Favelofágicos. Rio de Janeiro: Bando Editorial Favelofágico, 2006.

FERREIRA, T. M. Entre Becos e Tetos de Zinco: Paisagens de um Favelário Nacional. Scripta, v. 11, n. 20, p. 309-348, 2007. Disponível em http://www.pucminas.br/imagedb/documento/DOC_DSC_NOME_ARQUI20080716151218.pdf?PHPSESSID=7e3ae9f049fb49144802e53cc86848fe

FERRÉZ. Literatura Marginal. Talentos da Escrita Periférica. Rio de Janeiro: Agir, 2005.

FONSECA, R. Romance Negro e Outras Histórias. Rio de Janeiro: Companhia das Letras, 1992.

FONSECA, R. A arte de andar pelas ruas do Rio de Janeiro. In: SCHNAIDERMAN, B. (org.). Contos reunidos. São Paulo: Companhia das Letras, 1994.

FRANCAVILLA, R. Voci del Margine. Roma: Artemide, 2012.

GOMES, R. C. Todas As Cidades, A Cidade. Rio de Janeiro: Rocco, 1994.

Grãos Imastigáveis. Bando Editorial Favelofágico. Disponível em http://www.favelofagia.com/livro-1

GRISONI, D.; MAGGIORI, R. Guida a Gramsci. Milano: BUR, 1975.

JESUS, C. M. Quarto de despejo: diário de uma favelada. São Paulo: Ática, 2007.

LINS, P. Cidade de Deus. Rio de Janeiro: Companhia das Letras, 1997.

MANIFESTO Favelofágico. Bando Editorial Favelofágico. Disponível em: www.favelofagia.com/sobre-2-ct57

MELO, J. C. A Educação pela Pedra. Rio de Janeiro: Editora Nova Fronteira, 1997.

MELO, P. Inferno. Rio de Janeiro: Companhia das Letras, 2000. Nascimento, É. P. Literatura Marginal: os Escritores da Periferia entram em Cena. Especialização (Pós-Graduação em Antropologia Social) - USP, São Paulo, 2006. https://doi.org/10.11606/d.8.2006.tde-03092007-133929

PATROCÍNIO, P. R. T. Entre o Morro e o Asfalto: Imagens da Favela nos discursos culturais brasileiros (Dissertação de Mestrado em Letras) - PUC, Rio de Janeiro, 2006. Disponível em: https://www.academia.edu/10496093/Entre_o_morro_e_o_asfalto_imagens_da_favela_nos_discursos_culturais_brasileiros https://doi.org/10.17771/pucrio.acad.8987

RODRIGUEZ, B. M. Mutirões discursivos: literatura e vida comunitária nas periferias urbanas. Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea, Brasília, v. 22, p. 47-61, 2003.

SANTOS, B. de S. Tempo, Códigos Barrocos e Canonização. Revista Crítica de Ciências Sociais, v. 51, p. 3-20, 1998.

UM POUCO sobre o Bando Editorial Favélofagico. Bando Editorial Favelofágico. Disponível em http://www.favelofagia.com/quem-somos

SILVA, F. Q. da. A literatura marginal (periférica) no contexto contemporâneo. Horizonte Científico, v. 3, n. 1, p. 1-31, dez., 2008.

VALLADARES, L. do P. A invenção da favela: do mito à origem da favela.com. Rio de Janeiro: Ed. da FGV, 2006. https://doi.org/10.11606/t.16.2014.tde-07072014-112828

VARELLA, D. Estação Carandiru. Rio de Janeiro: Companhia das Letras, 1999.

VIANNA, B. O olhar poético não combina com alienação. Bernardovianna.com, 27 nov. 2015. Disponível em: http://bernardovianna.com/o-olhar-poetico-nao-combina-com--alienacao/ https://doi.org/10.25094/rtp.2019n26a553

Publicado
2019-08-08
Como Citar
Loria, L. (2019). A favelofagia: a criação de um novo cânone literário a partir da favela. Navegações, 12(1), e31768. https://doi.org/10.15448/1983-4276.2019.1.31768
Seção
Ensaios