A imprensa de cunho literário no extremo-sul brasileiro: um estudo de caso da história da Inúbia e uma brevíssima incursão à crítica literária

  • Francisco das Neves Alves Universidade Federal do Rio Grande
Palavras-chave: Imprensa, Literatura, História, Rio Grande do Sul

Resumo

A partir da segunda metade do século XIX, a imprensa no Brasil passou por uma fase de ampla expansão. Nessa época, o jornalismo brasileiro passaria por uma etapa de diversificação e crescente especialização, surgindo periódicos com propostas editoriais e/ou voltados a públicos específicos. Foi nesse contexto que ocorreu um impulso da imprensa literária, notadamente nas maiores comunidades do país, caso da mais meridional província nacional e, em tal âmbito, em uma de suas mais importantes cidades, a do Rio Grande. Nessa localidade portuária, uma das mais progressistas no Rio Grande do Sul de então, circularam várias publicações literárias, que buscavam voltar seus textos essencialmente para a difusão da cultura e o incentivo à leitura, servindo muito a contento para a divulgação não só de escritores que contavam com reconhecimento internacional e nacional, mas também aqueles vinculados à literatura regional e local, auxiliando na propagação da literatura sulina de então. Este trabalho visa analisar a imprensa literária rio-grandina, com especial atenção para um de seus representantes – a Inúbia, mormente no que tange à sua história, suas propostas editoriais e suas dificuldades para manter a circulação, além de realizar uma breve incursão à prática de uma crítica literária por parte do periódico.

 

************************************************************************************************************************************************************************************************************

Literary press in the Brazilian extreme south: a case study of the Inúbia history and a very brief incursion into literary criticism

Abstract: From the second half of the nineteenth century, the press in Brazil went through a phase of wide expansion. At that time, the Brazilian journalism go through a stage of diversification and increasing specialization, emerging journals with editorial proposals and/or targeted to specific audiences. It was in this context that there was a surge of literary press, especially in the larger communities of the country, where the southernmost national province and in such a context, in one of its most important cities, the Rio Grande. In this port town, one of the most progressive in Rio Grande do Sul then circulated several literary publications, seeking back your texts primarily for the dissemination of culture and encouraging reading, much to the satisfaction serving for the dissemination not only of writers who relied on international and national recognition, but also those linked to regional and local literature, aiding in the spread of southern literature then. This work aims to analyze the rio-grandina literary press, with special attention to one of his representatives – the Inúbia, especially with regard to its history, its editorial proposals and their difficulties to maintain circulation, and perform a brief foray to the practice of a literary criticism by the journal. 

Keywords: Press; Literature; History; Rio Grande do Sul

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALVES, Francisco das Neves. Nos limiares da civilização: a imprensa literária rio-grandina na década de 1860. Por uma história multidisciplinar do Rio Grande. Rio Grande: Universidade Federal do Rio Grande, 1999a. p. 49-51.

ALVES, Francisco das Neves. A pequena imprensa riograndina no século XIX. Rio Grande: Ed. da FURG, 1999b.

ALVES, Francisco das Neves. A imprensa literária rio-grandina na segunda metade do século XIX. Artexto – Revista do Departamento de Letras e Artes, Rio Grande, v. 11, p. 9-28, 2000.

ALVES, Francisco das Neves. O discurso político-partidário sul-rio grandense sob o prisma da imprensa rio-grandina (1868-1895). Rio Grande: Ed. da FURG, 2002.

ALVES, Francisco das Neves. A imprensa literária no sul do Brasil no século XIX. In: VAZ, Artur Emílio; BAUMGARTEN, Carlos Alexandre; CURY, Maria Zilda F. (Org.). Literatura em revista (e jornal): periódicos do Rio Grande do Sul e de Minas Gerais. Belo Horizonte: UFMG; Rio Grande: FURG, 2005. p. 27-56.

BAUMGARTEN, Carlos Alexandre; SILVEIRA, Carmen Consuelo. O Parthenon Literário: imprensa e sociedade literária. In: BAUMGARTEN, Carlos Alexandre; SILVEIRA, Carmen Consuelo; ZILBERMAN, Regina. O Parthenon Literário: poesia e prosa – antologia. Porto Alegre: EST/São Lourenço de Brindes/Instituto Cultural Português, 1980, p. 12-16.

BAUMGARTEN, Carlos Alexandre. Literatura e crítica na imprensa do Rio Grande do Sul (1868 a 1880). Porto Alegre: EST/São Lourenço de Brindes, 1982.

BAUMGARTEN, Carlos Alexandre. A Arcádia e a história literária sulina. In: ALVES, Francisco das Neves (Org.). Por uma história multidisciplinar do Rio Grande. Rio Grande: Universidade Federal do Rio Grande, 1999, p. 43-47.

CESAR, Guilhermino. História da literatura no Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Instituto Estadual do Livro/CORAG, 2006.

RÜDIGER, Francisco Ricardo. Tendências do jornalismo. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2003.

SODRÉ, Nelson Werneck. A história da imprensa no Brasil. Rio de Janeiro: Mauad, 1999.

Publicado
2015-10-06
Como Citar
Alves, F. das N. (2015). A imprensa de cunho literário no extremo-sul brasileiro: um estudo de caso da história da Inúbia e uma brevíssima incursão à crítica literária. Navegações, 8(1), 64-74. https://doi.org/10.15448/1983-4276.2015.1.22062
Seção
Ensaios