Na viagem pelo sertão de Galileia, outras modulações regionais

  • Márcia Rios da Silva UNEB
Palavras-chave: Literatura contemporânea, Galileia, Ronaldo Brito, Regional

Resumo

Este artigo propõe-se a apresentar uma leitura do romance Galileia, de autoria do escritor brasileiro Ronaldo Correia de Brito, publicado em 2008. Em tal leitura, tem-se o intuito de delinear uma interpretação da visão de “identidade regional” elaborada nessa narrativa, que se tece construindo a memória de um clã. Como ponto de partida, busca-se entender uma proposta de interpretação do sertão do Nordeste brasileiro, região sobre a qual se produz, reiteradamente, uma textualidade ideologizada por discursos provenientes de matrizes culturais erudita e popular-massiva. Pretende-se, por fim, ler criticamente, neste romance, a reescrita de uma tradição memorialística na ficção brasileira, modulada sob perspectivas diferenciadas, ora aderindo a um projeto de nacionalidade, ora pondo em questionamento tal projeto.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Como Citar
da Silva, M. R. (2012). Na viagem pelo sertão de Galileia, outras modulações regionais. Navegações, 5(2), 134-142. Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/navegacoes/article/view/12782
Seção
Ensaios