[1]
G. F. Gonçalves e E. L. Leitão, “O papel do léxico na aquisição das fricativas interdentais do inglês: uma abordagem via Teoria da Otimidade Conexionista”, Letronica, vol. 3, nº 1, p. 164-180, out. 2010.