[1]
R. Kohlrausch, “Gênero epistolar: a carta na literatura, a literatura na carta, rede de sociabilidade, escrita de si”, Letronica, vol. 8, nº 1, p. 148-155, jul. 2015.