Jardim Alvarez, I. M. (2011) “FALAR APAISANADO: UMA FORMA DE DESIGNAR AS LÍNGUAS NA FRONTEIRA”, Letrônica, 4(2), p. 104–120. Disponível em: https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/letronica/article/view/9127 (Acessado: 24 junho 2024).