A multimodalidade como via de análise: contribuições para pesquisas em aquisição de linguagem

  • Andressa Toscano Moura de Caldas Barros de Almeida Universidade Federal da Paraíba
  • Marianne Carvalho Bezerra Cavalcante Universidade Federal da Paraíba
Palavras-chave: aquisição de linguagem, multimodalidade, gesto, prosódia

Resumo

Considera-se a multimodalidade como constitutiva da linguagem e como lócus de análise em aquisição. Assim, a multimodalidade refere-se às modalidades de uso da língua (fala, gesto, olhar) que coatuam na produção linguística com vistas à interação. Além disso, elege-se a prosódia, por ser elemento da fala, como copartícipe dessa matriz, tanto por se constituir como uma via privilegiada do engajamento da criança no diálogo e nos processos de subjetivação, quanto por ser um fator coesivo na organização da forma fônica e nos princípios de estruturação fonológica (SCARPA, 1988). O objetivo deste artigo é mostrar como a prosódia e os gestos funcionam para compor a matriz gesto-fala de uma criança em processo de aquisição de linguagem, tendo como ponto de partida a proposta de Kendon (1972, 1980) e McNeill (1985, 1992) em que gesto e fala são indissociáveis, por representarem um sistema único. Para ilustrar nosso estudo, apresentaremos recortes de dados de uma díade mãe-criança filmados longitudinal e naturalisticamente, dos 6 aos 24 meses de vida da criança, que foram tratados no software PRAAT. Os dados mostraram que, mesmo ainda pequena, a criança faz uso de instâncias multimodais para fins de interação com seus pares, corroborando a ideia de que gesto e fala são partes de uma mesma matriz de significado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andressa Toscano Moura de Caldas Barros de Almeida, Universidade Federal da Paraíba

Doutoranda em Linguística pelo PROLING (Programa de Pós-Graduação em Linguística) da Universidade Federal da Paraíba e Mestre em Linguística pela mesma instituição. Desenvolve pesquisas em aquisição de linguagem oral com foco em prosódia e multimodalidade.

 
Marianne Carvalho Bezerra Cavalcante, Universidade Federal da Paraíba
Professora Adjunta da Universidade Federal da Paraíba. Doutora pela Unicamp.

Referências

ÁVILA-NÓBREGA, Paulo Vinícius. Dialogia mãe-bebê: a emergência do envelope multimodal em cenas de atenção conjunta. 2010. 165f. Dissertação (Mestrado em Linguística) – Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa.

ÁVILA-NOBREGA, Paulo Vinícius; CAVALCANTE, Marianne Carvalho Bezerra. O envelope multimodal em aquisição de linguagem: momento do surgimento e pontos de mudanças. In: CAVALCANTE, Marianne Carvalho Bezerra; FARIA, Evangelina Maria Brito de (Org.). Cenas em aquisição da linguagem: multimodalidade, atenção conjunta e subjetividade. João Pessoa: Editora da UFPB, 2015. v. 1, p. 11-44.

BARROS, Andressa Toscano Moura de Caldas; Fala Inicial e Prosódia: do balbucio aos blocos de enunciado. Universidade Federal da Paraíba. Dissertação (Mestrado em Linguística) – Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2012.

BATES, Elizabeth; DICK. Frederic. Language, gesture, and the developing brain. Developmental Psychobiology, 40, 293-310, 2002.

BUTCHER, Cynthia; GOLDIN-MEADOW, Susan. Gesture and the transition from oneto two-word speech: when hand and mouth come together. In: MCNEILL, David (Ed.). Language and gesture. Cambridge: Cambridge University Press, 2000.

CAGLIARI, Luiz Carlos. Prosódia: algumas funções dos supra-segmentos. In: BAURRE, M. B. M.; WETZELS, L. W. (Org.). Cadernos de estudos lingüísticos: fonologia do português. Campinas: UNICAMP, IEL, DL, [1992] 1994. p. 137-151.

CAVALCANTE, Marianne Carvalho Bezerra. O gesto de apontar como processo de co-construção nas interações mãe-criança. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal de Pernambuco, 1994.

______. Da voz à língua: a prosódia materna e o deslocamento do sujeito na fala dirigida ao bebê. Tese (Doutorado em Lingüística) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1999.

______. A natureza do gesto de apontar em aquisição da linguagem: um estudo exploratório. In: Cavalcante , M. C. B. (Org.). Multimodalidade em aquisição da linguagem. João Pessoa: Editora Universitária UFPB. 2010. v. 1, p. 09-40.

______. Da voz à língua: o manhês na dialogia mãe-bebê. João Pessoa: Editora da UFPB, 2015. v. 500. 237 p.

DROMI, Esther. Babbling and early words. In: SALKIND, Neil .J. (Ed.). Child development. McMillan psychology reference series. McMillan, 2002.

FONTE, Renata; CAVALCANTE, Marianne Carvalho Bezerra; BARROS, Andressa Toscano Moura de Caldas; SOARES, Paula. A matriz gesto-fala na aquisição da linguagem: algumas reflexões. In: Aquisição, desvios e práticas de linguagem. Editora CRV, 2014.

GOLDIN-MEADOW, Susan. Talking and thinking with your hands. Current directions in psychological science, v. 15, n. 1, 2006.

______. From gesture to word. In: BAVIN, Edith L. (Ed.). The Cambridge handbook of child language. University of Cambridge Press, 2009.

KENDON, Adam. The study of gesture: some remarks on its history. Recherches sémiotiques/semiotic inquiry, v. 2, p. 45-62, 1982.

LOCKE, John. Desenvolvimento da capacidade para a linguagem falada. In: FLETCHER, Paul; MACWHINNEY, Brian (Ed.). Compêndio da linguagem da criança. Tradução de M. A. G. Domingues. Porto Alegre: Artes Médicas, 1995.

MCNEILL, David. So, do you think gestures are nonverbal? Psychological Review, v. 92, n. 3, p. 350-371, 1985.

______. Hand and mind: What gestures reveal about thought. Chicago: University of Chicago Press, 1992.

______. Gesture and Thought. Chicago: University of Chicago Press, 2005.

QUEK, Francis; MCNEILL, David; BRYLL, Robert et al. Multimodal human discourse: gesture and speech. ACM transactions on computer-human interactions, v. 9, n. 3, p. 171-193, Sept. 2002.

RUITER, Jan. P. de. The production of gesture and speech. In: MCNEILL, David (Ed.). Language and gesture. Cambridge, UK: Cambridge University Press, 2000. p. 284-311.

SCARPA, Ester Miriam. O lugar da holófrase nos estudos de Aquisição da Linguagem. Cadernos de Estudos Linguísticos (UNICAMP), v. 51, p. 187-200, 2009.

______. A Aquisição da prosódia: dupla face, dupla vocação. In: AGUIAR, Marígia Ana M; MADEIRO, Francisco (Org.). Em-Tom Ação: a prosódia em perspectiva. Recife: Editora Universitária da UFPE, 2007.

______. Sons preenchedores e guardadores de lugar: relações entre fatos sintáticos e prosódicos na aquisição da linguagem. In: SCARPA, Ester (Org.). Estudos de Prosódia. Campinas: UNICAMP, 1999.

______. Learning External Sandhi: evidence for a top-down hypothesis of prosodic acquisition. In: GALA'97 – Conference on Language Representation and Processing, 1997.

Proceedings of .... Edimburgo, Escócia, 1997. ______. Desenvolvimento da intonação e a organização da fala inicial. Cadernos de Estudos Lingüísticos, UNICAMP, v. 14, p. 65-84, 1988.

SOUZA. Wilma Pastor Andrade; FARIA; Evangelina Maria B. O gesto facilitador da produção de sentido no diálogo entre crianças surdas em aquisição da linguagem. In: CAVALCANTE, Marianne C. B.; FARIA, Evangelina. M. B. de; LEITÃO, Márcio (Org.). Aquisição da linguagem e processamento linguístico. João Pessoa: Ed. da UFPB, 2010. p. 135-148.

TOMASELLO, Michael; CARPENTER, Malinda; LISZKOWSKI, Ulf. A new look at infant pointing. Child Development, v. 78, n. 3, p. 705-722, May-June 2007.

Publicado
2018-03-23
Como Citar
de Almeida, A. T. M. de C. B., & Carvalho Bezerra Cavalcante, M. (2018). A multimodalidade como via de análise: contribuições para pesquisas em aquisição de linguagem. Letrônica, 10(2), 526-537. https://doi.org/10.15448/1984-4301.2017.2.26403