[1]
J. R. C. da Silva, “A importância da reflexão arendtiana acerca da crise da autoridade para uma possível interpretação política da sentença nietzscheana "Deus está morto"”, Intuitio, vol. 11, nº 2, p. 101-122, dez. 2018.