[1]
R. R. Macedo, “Ironia como Destruição da Objetividade em Macbeth: A Tragédia Shakespeariana à Luz da Teoria Estética de Hegel”, Intuitio, vol. 9, nº 1, p. 98-110, mar. 2016.