Reflexões acerca de uma Teoria da Justiça a partir do pensamento de Axel Honneth: o problema da democracia entre republicanismo e procedimentalismo

  • Wilson Levy Braga da Silva Neto (USP) Universidade de São Paulo
Palavras-chave: reconhecimento, teoria da justiça, democracia, procedimentalismo, republicanismo

Resumo

A presente investigação pretende analisar o percurso realizado por Axel Honneth, nas reflexões em torno da Teoria da Justiça e, mais particularmente, do problema da democracia, até a chegada ao seu título mais recente, que cristaliza sua posição acerca dessas categorias. O objetivo, nesse sentido, é verificar em que medida o autor se posicionou no debate contemporâneo em torno da Filosofia Política e de que forma as escolhas e posturas que adotou sinalizaram para momentos de ruptura e momentos de reconstrução dos conceitos que discute. A metodologia se baseará na análise de textos e fragmentos do autor e de seus principais interlocutores nessa seara. Espera-se como resultado reconstruir os passos percorridos pelo referencial teórico principal do texto até o momento em que avança para a construção de uma nova Teoria da Justiça.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Wilson Levy Braga da Silva Neto (USP), Universidade de São Paulo
Mestre em Filosofia e Teoria Geral do Direito pela Universidade de São Paulo.
Publicado
2012-06-25
Como Citar
Braga da Silva Neto (USP), W. L. (2012). Reflexões acerca de uma Teoria da Justiça a partir do pensamento de Axel Honneth: o problema da democracia entre republicanismo e procedimentalismo. Intuitio, 5(1), 74-89. Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/intuitio/article/view/9114
Seção
Artigos