O problema da experiência da vida fáctica nos primeiros cursos de Heidegger

  • Juliana Missaggia (PUCRS) PUCRS
Palavras-chave: Heidegger, fenomenologia, experiências da vida factual, conceitos filosóficos

Resumo

Esse artigo procura analisar um dos problemas enfrentados por Heidegger em seus primeiros cursos ministrados em Freiburg, os quais são fundamentais para a compreensão da formação do projeto filosófico que resultaria, anos depois, em Ser e Tempo. Nos focamos no problema da apreensão filosófica das experiências da vida factual, questão decisiva para o afastamento de Heidegger da fenomenologia husserliana e para sua busca por uma nova metodologia filosófica capaz de resolver tal dificuldade. Essa análise implica em uma exposição tanto da crítica de Natorp à fenomenologia, bem como da resposta de Heidegger para tal crítica e sua primeira tentativa de solução para o problema da vida factual. Além disso, mostramos que, nesse percurso, Heidegger desenvolve suas primeiras análises sobre o caráter específico que devem ter os conceitos filosóficos para poderem apreender a experiência concreta – o que significa mostrar sua radical diferença em relação aos conceitos científicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2010-11-27
Como Citar
Missaggia (PUCRS), J. (2010). O problema da experiência da vida fáctica nos primeiros cursos de Heidegger. Intuitio, 3(2), 134-146. Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/intuitio/article/view/7717
Seção
Artigos