Dizer verdadeiro sobre si mesmo em Les aveux de la chair

Palavras-chave: Michel Foucault.Hermenêutica do sujeito. Cristianismo. História da Sexualidade.

Resumo

Les aveux de la chair (As confissões da carne) foi publicada na França em março de 2018. Esta obra póstuma de Michel Foucault aparece como o quarto volume da História da Sexualidade. Como um arqueólogo do saber, ele busca no cristianismo primitivo a origem e a evolução do cuidado de si. Neste presente artigo, não abordaremos todos os temas tratados na obra, mas faremos um recorte sobre o tema da confissão presente na história do cristianismo primitivo. Desta maneira, Foucault encontra na matriz cristã as bases para a compreensão da hermenêutica do sujeito.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cleiton Nery de Santana, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP)

Possuo graduação em Filosofia e Teologia pela Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia (FAJE). 

Mestrando do PPG em Filosofia da PUC-SP. 

Atualmente pesquiso sobre a fenomelogia francesa, no pensamento de Merlau-Ponty. 

Referências

FOUCAULT, M. História da Sexualidade 1. A vontade de saber. São Paulo: Paz & Terra, 2015.

_____________. História da Sexualidade 2. O uso dos prazeres. São Paulo: Paz & Terra, 2015.

_____________. História da Sexualidade 3. O cuidado de si. São Paulo: Paz & Terra, 2015.

_____________. Histoire de la sexualité 4. Les aveux de la chair. Paris: Ed. Gallimard, 2018.

_____________. Malfazer, dizer verdadeiro. São Paulo: Martins Fontes, 2018.

CHEVALIER, P. O cristianismo como confissão em Michel Foucault. In: CANDIOTO, C.; SOUZA, P. (Orgs.). Foucault e o Cristianismo. Belo Horizonte: Autêntica, 2012.

Publicado
2019-12-18
Como Citar
de Santana, C. N. (2019). Dizer verdadeiro sobre si mesmo em Les aveux de la chair. Intuitio, 12(2), e33943. https://doi.org/10.15448/1983-4012.2019.2.33943