Interpretações boecianas sobre inferências tópicas e algumas considerações mereológicas

Palavras-chave: Argumentos Tópicos, Mereologia, Boécio, Lógica Medieval

Resumo

Pode-se ver na abordagem da mereologia medieval uma conexão bastante forte entre a metafísica e a lógica. Questões ontológicas acerca de termos comumente utilizados em tratados lógicos e consideradas como questões lógicas não eram incomuns. Assim, as discussões mereológicas, surgem com frequência, em textos medievais, em meio a questionamentos lógicos e em textos mais claramente ligados a essa vertente. É o caso da mereologia ligada aos tópicos, em particular na interpretação boeciana desses. Da mesma forma que com o problema dos universais, o esforço dedicado a solucionar problemas mereológicos está entrelaçado às bases das inferências tópicas bem como com seu uso. Pretendemos, através desse texto, realçar a conexão do trabalho de Boécio enquanto lógico com as questões metafísicas que surgem do estudo do todo e suas partes. Acreditamos que a interpretação boeciana deve ser considerada neste aspecto, em primazia de outras, por sua influência lógica até o final do período medieval.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARLIG, Andrew. Medieval mereology. In: ZALTA, Edward N. (ed.). The Stanford Encyclopedia of Philosophy. Stanford: Center for the Study of Language and Information, 2015.

Disponível em: https://plato.stanford.edu/archives/fall2015/entries/mereology-medieval/. Acesso em: 29 set. 2018.

https://doi.org/10.1007/978-94-024-1151-5_330-2

DE RIJK, L. M. On the chronology of Boethius’ works on the logic I. Vivarium, [s. l.], v. 2, n. 1, p. 1-49, 1964.

https://doi.org/10.1163/156853464x00017

DE RIJK, L. M. On the chronology of Boethius’ works on the logic II. Vivarium, [s. l.], v. 2, n. 1, p. 125-162, 1964.

https://doi.org/10.1163/156853464x00053

BOÉCIO. De topicis differentiis. In: BOÉCIO. Boethius’s: de topicis differentiis. Tradução: Eleonore Stump. Ithaca: Cornell University Press, 1978. p. 14-95.

https://doi.org/10.5840/schoolman19795719

BOÉCIO. In Ciceronis topica. In: BOÉCIO. Boethius’s in Ciceronis topica: an annotated translation of a medieval dialectical text. Tradução: Eleonore Stump. Ithaca: Cornell University Press, 1988.

https://doi.org/10.7591/9781501722240

BURLEY, W. From the beginning of his treatise on the kinds of supposition (De suppositionibus). Tradução: Paul Vincent Spade. [S. l.: s. n.], 1995.

Disponível em: https://pvspade.com/Logic/docs/burley.pdf. Acesso em: 5 out. 2018.

LECHTAHLER, Manuel; LIGHTFIELD, Ceth. Mereological composition and plural quantifier semantics. Philosophia, [s. l.], v. 46, n. 4, p. 943-958, Dec. 2018.

https://doi.org/10.1007/s11406-018-9961-1

LIEBESCHÜTZ, H. Boethius and the legacy of antiquity. In: ARMSTRONG, A. H. (ed.). The Cambridge history of later Greek and early medieval philosophy. Cambridge: Cambridge University Press, 1967. p. 538-564.

https://doi.org/10.1017/chol9780521040549.036

MARENBON, John. Boethius. New York: Oxford University Press, 2003.

NUNES, Rhamon de Oliveira. Problemas de mereologia: o que é um todo? Revista do Seminário dos Alunos do PPGLM/UFRJ, Rio de Janeiro, v. 5, n. 1, p.145-155, 2014.

https://doi.org/10.17771/pucrio.acad.29491

PORFÍRIO. Isagoge: introdução às Categorias de Aristotéles. Tradução: Bento Silva Santos. São Paulo: Attar, 2002.

SPADE, Paul Vincent. History of the problem of universals in the middle ages: notes and texts. [S. l.: s. n.], 1995.

Disponível em: https://pvspade.com/Logic/docs/univers.pdf. Acesso em: 29 set. 2018.

STUMP, Eleonore. Between Aristotle and Boethius. In: BOÉCIO. Boethius’s: de topicis differentiis. Tradução: Eleonore Stump. Ithaca: Cornell University Press, 1978. p. 203-214.

https://doi.org/10.5840/schoolman19795719

STUMP, Eleonore. Dialectic and Boethius’s de topicis differentiis. In: BOÉCIO. Boethius’s: de topicis differentiis. Tradução: Eleonore Stump. Ithaca: Cornell University Press, 1978. p. 179-204.

https://doi.org/10.5840/schoolman19795719

STUMP, Eleonore. Differentia. In: BOÉCIO. Boethius’s: de topicis differentiis. Tradução: Eleonore Stump. Ithaca: Cornell University Press, 1978. p. 248-261.

https://doi.org/10.5840/schoolman19795719

STUMP, Eleonore. Differentia and the Porphyrian Tree. In: BOÉCIO. Boethius’s: de topicis differentiis. Tradução: Eleonore Stump. Ithaca: Cornell University Press, 1978. p. 237-247.

https://doi.org/10.5840/schoolman19795719

SUTO, Taki. Boethius on mind, grammar and logic: a study of Boethius’ commentaries on Peri Hermeneias. Boston: Brill, 2012. (Philosophia Antiqua, v. 127).

https://doi.org/10.1080/01445340.2013.777502

VARZ I, A. Mereology. In: ZALTA, Edward N. (ed.). The Stanford Encyclopedia of Philosophy. Stanford: Center for the Study of Language and Information, 2016.

Disponível em: https://plato.stanford.edu/entries/mereology. Acesso em: 29 set. 2018.

https://doi.org/10.1108/rr-06-2015-0155

ZINGANO, Marco. As categorias de Aristóteles e a doutrina dos traços do ser. doispontos, Curitiba, v. 10, n. 2, p. 225-254, 2013.

https://doi.org/10.5380/dp.v10i2.32185

Publicado
2019-07-11
Como Citar
da Cruz, L. T. (2019). Interpretações boecianas sobre inferências tópicas e algumas considerações mereológicas. Intuitio, 12(1), e32205. https://doi.org/10.15448/1983-4012.2019.1.32205
Seção
Artigos: Epistemologia e Metafísica