A Objeção da Justiça no Utilitarismo de J.S. Mill

  • Bruno Braga UFPEL
Palavras-chave: Utilitarismo, Mill, Justiça

Resumo

Meu objetivo neste paper será o de apresentar uma reconstrução da argumentação millseana acerca da possível relação entre justiça e utilidade, isto é, a resposta de Mill às clássicas objeções de que o utilitarismo seria um preceptor de injustiças. Neste sentido, procurarei mostrar como a justiça pode ser corretamente justificada dentro da perspectiva da utilidade. Farei isso começando por uma breve exposição dos fundamentos do utilitarismo na perspectiva de Mill. Em seguida, apresento os sub-princípios do utilitarismo para localizar o foco das críticas. Por fim, discuto os dois momentos da argumentação de Mill no intuito de responder a tais críticas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruno Braga, UFPEL

Mestrando em Filosofia pela UFPEL

Área de estudos: Utilitarismo, Mill, Aristóteles, ética normativa

Publicado
2016-12-20
Como Citar
Braga, B. (2016). A Objeção da Justiça no Utilitarismo de J.S. Mill. Intuitio, 9(2), 74-87. https://doi.org/10.15448/1983-4012.2016.2.22155