Ética e finitude: contribuições heideggerianas para a filosofia moral

  • Marcos André Webber (UCS) Universidade de Caxias do Sul (UCS)
Palavras-chave: Heidegger. Ética. Ser-ético-no-mundo.

Resumo

Nesta conferência Hatab busca mostrar que o pensamento de Martin Heidegger pode fornecer importantes contribuições ao estudo da filosofia moral. Muitas teorias morais procuraram por um padrão objetivo e racional para a moralidade, ocultando uma esfera pré-reflexiva e condição para a própria moralidade: a finitude do Dasein. Pois é nesta perspectiva que a filosofia de Heidegger ganha importância, uma vez que uma análise pré-ética do ser-no-mundo pode fornecer pistas para uma ética mais adequada à maneira pela qual o homem habita o mundo. A ética tem sido rica na análise de tópicos normativos, mas pobre em atenção ao nosso ser-ético-no-mundo, e uma atenção à finitude radical do ser-para-a-morte em conexão com o cuidado, o ser-com, e especialmente a dinâmica entre decaída, cotidianeidade e autenticidade pode evidenciar uma esfera da existência esquecida pela tradição, mas que se mostra fundamental para todo estudo filosófico no campo da ética.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2013-11-26
Como Citar
André Webber (UCS), M. (2013). Ética e finitude: contribuições heideggerianas para a filosofia moral. Intuitio, 6(2), 172-188. Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/intuitio/article/view/15171
Seção
Traduções