Hermenêutica, crítica da representação e arte: notas sobre Gadamer

  • Gustavo Silvano Batista (PUC-Rio) PUC-Rio
Palavras-chave: hermenêutica, representação, arte

Resumo

O presente texto tem como objetivo analisar a relação entre a crítica da representação e a arte no âmbito da hermenêutica filosófica. De acordo com Gadamer, pensar a compreensão no horizonte da experiência da arte e da arquitetura, requer uma revisão radical do modelo moderno de representação. Neste sentido, a verdade na experiência artística deve ser pensada a partir de um outro modelo representativo, onde a interação entre sujeito e objeto efetivamente acontece. Neste sentido, para Gadamer, uma das expressões artísticas na qual podemos perceber especialmente este novo modelo representativo é a arquitetura, pois na interação com as edificações pode-se vislumbrar efetivamente a experiência compartilhada da verdade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gustavo Silvano Batista (PUC-Rio), PUC-Rio

Doutorando em Filosofia - PUC-Rio

Professor Assistente II - UFPI

Publicado
2013-11-26
Como Citar
Silvano Batista (PUC-Rio), G. (2013). Hermenêutica, crítica da representação e arte: notas sobre Gadamer. Intuitio, 6(2), 132-144. Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/intuitio/article/view/15162
Seção
Artigos