Metafísica, ontologia e ciência procurada

  • Ernildo Stein PUCRS, Brasil

Resumo

O ensaio procura explorar alguns tópicos que resultam da crítica de Heidegger à metafísica ontoteológica, seguindo sua proposta de desconstrução. Ele procura mostrar, ao mesmo tempo, como motivo central, a percepção de Aristóteles do caráter antitético da questão do ser. Esta pergunta surge devido ao fato de ela ser a questão primeira da metafísica e, ao mesmo tempo, apresenta uma resistência a uma formulação que esgote seu conteúdo. Desse modo, Aristóteles, mesmo apresentando a ontologia como necessária, não pode deixar de constatar uma particular impossibilidade. Isso torna a metafísica a ciência procurada e tal situação faz Heidegger descobrir na metafísica o embaraço da filosofia enquanto tal.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Como Citar
Stein, E. (2013). Metafísica, ontologia e ciência procurada. Intuitio, 6(1), 05-13. Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/intuitio/article/view/14143
Seção
Autor Convidado