Algumas caracterísitcas da pós-modernidade na concepção de Gilles Lipovetsky

  • Daniel Nery da Cruz (UNISINOS) UNISINOS
Palavras-chave: Lipovetsky, hiperconsumo, sujeito

Resumo

Este trabalho tem como objetivo esclarecer a concepção de Lipovetsky sobre a pós-modernidade, descrever o que se entende com os termos modernidade e pós-modernidade e o tipo de sociedade que dela emerge. O pós-moderno trata-se, em resumo, de uma época em mudança, caracterizada por uma sociedade fluida, marcada por muitos contrastes, uma sociedade mais tolerante onde uma ampla variedade de estilos de vida diferentes entre si coabitam e em que se exacerbam os valores herdados da modernidade. O pós-modernismo, termômetro dessa mudança, eleva-se como uma fase de transição complexa para um novo tipo de sociedade denominada por Lipovetsky de hipermoderna e, sob a ótica do consumo, ela ainda pode ser descrita como a sociedade do hiperconsumo. Ao mesmo tempo em que o capítulo assinala algumas características de nossa época, também são apontadas notas que caracterizam o modo de vida do indivíduo contemporâneo. 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2013-06-16
Como Citar
Nery da Cruz (UNISINOS), D. (2013). Algumas caracterísitcas da pós-modernidade na concepção de Gilles Lipovetsky. Intuitio, 6(1), 79-95. Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/intuitio/article/view/13133
Seção
Artigos