Tugendhat e a noção de honestidade intelectual

  • Ramon Felipe Wagner

Resumo

No artigo Retractaciones sobre honestidad intelectual, o filósofo Ernst Tugendhat caracteriza o problema deste tipo específico de honestidade, apresenta a visão de diversos autores que abordaram o tema, ainda que não o denominando especificamente, cita seus intentos anteriores relativos à questão e, por fim, expõe as três motivações que segundo ele existem e que são as responsáveis por levar os indivíduos a ser honestos intelectualmente. No presente trabalho, expõe-se a linha de raciocínio do autor, por meio de uma resenha que apresenta os principais tópicos do artigo, e, por fim, faz-se uma crítica à ideia de que há de fato três motivações, afirmando que a última delas é apresentada por Tugendhat de uma maneira não fundamentada, o que resulta ou na possibilidade de resumi-la à segunda, ou na necessidade de um melhor embasamento.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2012-11-19
Como Citar
Wagner, R. F. (2012). Tugendhat e a noção de honestidade intelectual. Intuitio, 5(2), 53-61. Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/intuitio/article/view/12648
Seção
Dossiê