Algumas considerações sobre a filosofia de Merleau-Ponty e suas relações com o pensamento de Sartre

  • Miguel Mendonça de Alvarenga (UnB) UnB
Palavras-chave: Sartre, Merleau-Ponty, Marxismo

Resumo

No artigo, discuto alguns dos principais elementos da polêmica entre Sartre e Merleau-Ponty. O objetivo é elucidar os argumentos envolvidos em sua disputa. Para tanto, apóio-me, sobretudo, na troca de três cartas estabelecida entre os dois autores no princípio da década de 1950 e que vieram à luz na década de 1990, tendo sido comentadas pela professora Marilena Chauí. O artigo também apresenta as principais razões da ruptura entre os filósofos, cuja principal talvez tenha sido a publicação de Os comunistas e a paz, uma série de artigos escritos por Sartre para a revista Les Temps Modernes, que marca sua aproximação ao Partido Comunista Francês (PCF) e, aos olhos de Merleau-Ponty, o abandono do projeto de uma esquerda independente do comunismo soviético. Finalmente, também discuto alguns tópicos do marxismo merleau-pontyano, tais como são expostos no prefácio de seu livro Sinais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Miguel Mendonça de Alvarenga (UnB), UnB
Departamento de filosofia, área de filosofia social, marxismo, existencialismo. 
Publicado
2012-11-19
Como Citar
Alvarenga (UnB), M. M. de. (2012). Algumas considerações sobre a filosofia de Merleau-Ponty e suas relações com o pensamento de Sartre. Intuitio, 5(2), 225-237. Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/intuitio/article/view/11514
Seção
Artigos