A Teoria das Idéias Humeana: um Interpretação Materialista

  • Fábio Augusto Guzzo (UFRGS) UFRGS
Palavras-chave: Hume, Idéias Abstratas, Materialismo, Teoria das Idéias

Resumo

O propósito deste artigo é esboçar as linhas gerais de uma interpretação materialista da filosofia humeana. Julgo-a relevante porque ela nos ajuda a compreender os motivos da rejeição de Hume ao dualismo e à primazia do intelecto sobre a sensibilidade. Em outras palavras, a intepretação que proponho condiz com o ceticismo epistêmico de Hume. O materialismo estaria, assim, no centro do projeto filosófico humeano. Na primeira parte do artigo, apresento a teoria das idéias humeana como uma teoria materialista da representação. Na segunda parte, apresento a teoria das idéias abstratas, que segundo alguns comentadores contradiz a teoria das idéias humeana. Através de alguns elementos da interpretação aqui proposta, procuro dissolver esta incompatibilidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2012-06-25
Como Citar
Guzzo (UFRGS), F. A. (2012). A Teoria das Idéias Humeana: um Interpretação Materialista. Intuitio, 5(1), 161-175. Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/intuitio/article/view/10280
Seção
Artigos