[1]
L. A. de Abreu e P. B. Santos, “Apresentação: Corporativismo histórico no Brasil e na Europa”, Estud. Ibero-Am. (Online), vol. 42, nº 2, p. 383-386, jun. 2016.