[1]
J. de M. Moraes, “Os públicos de cinema em Portugal entre a diversão e o decoro: as distintas apropriações dos espaços cinematográficos (1896-1924)”, Estud. Ibero-Am. (Online), vol. 42, nº 3, p. 1168-1188, nov. 2016.