[1]
C. A. Furtado, “Cabo Verde e as quatro décadas de independência: dissonâncias, múltiplos discursos, reverberações e lutas por imposições de sentido à sua história recente”, Estud. Ibero-Am. (Online), vol. 42, nº 3, p. 855-887, nov. 2016.