[1]
R. S. de Oliveira, “A trama autoritária: direitas e violência no Uruguai”, Estud. Ibero-Am. (Online), vol. 41, nº 1, p. 201-208, jul. 2015.