[1]
F. C. de Almeida, “A direita radical em Portugal: da Revolução dos Cravos à era da internet”, Estud. Ibero-Am. (Online), vol. 41, nº 1, p. 98-125, jul. 2015.