A sociedade rural do oásis de Pica contra o processo chilenizador: conflitos, interações e rearranjos (Tarapaca, norte do Chile 1880-1900)

  • Luis Castro C. Universidad de Valparaíso
  • Natalia Rivera Universidad de Valparaíso
Palavras-chave: Chilenização, Conflitos, Interações, Oásis de Pica, Chile 1880-1900

Resumo

Através da análise e documentação autenticada descreve a medida em que o processo de nacionalização estava no oásis de Pica durante as primeiras duas décadas de domínio do Chile sobre esse território. Mais do que olhar estreito em grandes processos políticos e administrativos, o artigo é revisar aboca dinâmica da vida cotidiana colocado sob pressão e estaduais e locais ao gerar espaços de coordenação e negociação entre esses atores. A partir dessa perspectiva, não aspectos até então considerados nos estudos iniciais da nacionalização territórios norte do Chile hoje, especialmente aquelas relacionadas com o impacto da defesa dos interesses privados eo uso de mecanismos legais para defender os direitos adquiridos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luis Castro C., Universidad de Valparaíso
Investigador del Instituto de Historia y Ciencias Sociales, Universidad de Valparaíso, Chile. Investigador responsable proyecto Fondecyt 1100060
Natalia Rivera, Universidad de Valparaíso
Profesora de Historia y Ciencias Sociales y Licenciada en Historia y Educación, Universidad de Valparaíso, Chile. Tesista investigadora proyecto Fondecyt 1100060.
Publicado
2011-12-31
Como Citar
C., L. C., & Rivera, N. (2011). A sociedade rural do oásis de Pica contra o processo chilenizador: conflitos, interações e rearranjos (Tarapaca, norte do Chile 1880-1900). Estudos Ibero-Americanos, 37(2). https://doi.org/10.15448/1980-864X.2011.2.9960
Seção
Artigos