Dimensões do governo subalterno da Ilha de Santa Catarina (1738-1821)

  • Augusto da Silva Universidade Federal de Sergipe
Palavras-chave: Ilha de Santa Catarina, Capitania, Governo colonial

Resumo

O objetivo deste artigo é compreender a formação da unidade colonial da Ilha de Santa Catarina (depois expandida ao continente), de 1738, ano em que se criou nela um governo subordinado à capitania do Rio de Janeiro, até 1821, quando se tornou província independente. Com base na análise do vocabulário político utilizado pelas autoridades na documentação contemporânea, procurou-se identificar qual o estatuto jurídico e as dimensões desse estabelecimento para os diferentes agentes coloniais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Augusto da Silva, Universidade Federal de Sergipe
Licenciado em História (UFRGS); Mestrado em História (UFRGS); Doutorado em História (USP); Professor do Departamento de História (UFS)
Publicado
2011-09-26
Como Citar
da Silva, A. (2011). Dimensões do governo subalterno da Ilha de Santa Catarina (1738-1821). Estudos Ibero-Americanos, 37(1). https://doi.org/10.15448/1980-864X.2011.1.8053
Seção
Miscelânea