Caminhos de memória: uma análise de percursos de italianidade no Rio Grande do Sul

  • Luís Fernando Beneduzi
Palavras-chave: Memória, Imigração italiana, Patrimônio cultural

Resumo

No turbilhão da modernidade, a memória individual não é mais suficiente para reter todas as experiências passadas, criando a necessidade de instituições de preservação que as aromatizem para a contemporaneidade. Nesse sentido, discute-se as representações de italianidade, no Rio Grande do Sul, a partir dos suscitadores de memória narrados por Primo Levi, buscando entender os fragmentos do passado, presentes nos percursos turísticos, como formadores de um imaginário sobre a imigração italiana.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2009-09-14
Como Citar
Beneduzi, L. F. (2009). Caminhos de memória: uma análise de percursos de italianidade no Rio Grande do Sul. Estudos Ibero-Americanos, 35(1). https://doi.org/10.15448/1980-864X.2009.1.5791
Seção
Artigos