O Brasil diante da questão espanhola na ONU (1946-1950)

  • Ismara Izepe de Souza Universidade de São Paulo
Palavras-chave: ONU, Política Externa Brasileira, Espanha

Resumo

Este artigo analisa a atuação brasileira frente à “cuestion española” na ONU, cujos debates incidiram sobre a situação internacional da Espanha franquista entre 1946 e 1950. Pretendemos demonstrar como os interesses internacionais, especialmente no âmbito das relações com os EUA, determinaram a postura do governo brasileiro frente à questão espanhola.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ismara Izepe de Souza, Universidade de São Paulo
Mestre e doutora em História Social pela Universidade de São Paulo. Possui 3 livros e diversos trabalhos nas seguintes áreas: Imigração Espanhola; Polícia Política; Era Vargas; História da Espanha; Relações hispano-brasileiras; Política Externa Brasileira. É pesquisadora do LEER (Laboratório de estudos sobre etnicidade, racismo e discriminação)
Publicado
2009-10-06
Como Citar
Souza, I. I. de. (2009). O Brasil diante da questão espanhola na ONU (1946-1950). Estudos Ibero-Americanos, 35(2). https://doi.org/10.15448/1980-864X.2009.2.5456
Seção
Artigos