A ficção e o maravilhoso no discurso jornalístico

  • Cláudio Pereira Elmir Unisinos
Palavras-chave: Imprensa Sensacionalista, Jornal Última Hora, Crônica Policial, Década de 1960

Resumo

O texto apresenta a lógica de funcionamento do discurso do jornal Última Hora, de Porto Alegre (1960-1964), através do reconhecimento da presença de dois princípios relativamente solidários: a ficção e o maravilhoso. Por meio da análise de matérias prioritariamente ligadas à chamada crônica policial, identifica-se inúmeros sinais desta aludida presença. Ambos os princípios contribuem para a realização de que o fazer jornalístico deste periódico possa ser associado à consumação do discurso do senso comum na imprensa escrita.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cláudio Pereira Elmir, Unisinos
PPGH-Unisinos
Publicado
2010-05-28
Como Citar
Elmir, C. P. (2010). A ficção e o maravilhoso no discurso jornalístico. Estudos Ibero-Americanos, 35(2). https://doi.org/10.15448/1980-864X.2009.2.5350
Seção
Artigos