A Revolução Cubana no jornal argentino "La Nación": euforia, decepção, condenação (1959-1962)

  • Oscar H. Aelo Universidad Nacional de Mar del Plata
  • Pablo Pérez Branda CONICET- Universidad Nacional de Mar del Plata
Palavras-chave: Historia Latino-americana, Revolução Cubana, Jornal La Nación

Resumo

O artigo analiza os diferentes pontos de vista adotados pelo jornal argentino “La Nación” perante a Revolução Cubana. O jornal claro, expoente de uma linha de pensamento liberal-conservadora, jogou um importante papel à hora de avaliar as notícias chegadas desde La Habana. No entanto, o tom do discurso jornalístico não foi linear, passando em pouco tempo da euforia á condenação do processo cubano.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Oscar H. Aelo, Universidad Nacional de Mar del Plata
Departamento de Historia Area Historia de América Latina Contemporánea
Pablo Pérez Branda, CONICET- Universidad Nacional de Mar del Plata
Departamento de Historia Area Historia de América Latina Contemporánea
Publicado
2010-03-22
Como Citar
Aelo, O. H., & Branda, P. P. (2010). A Revolução Cubana no jornal argentino "La Nación": euforia, decepção, condenação (1959-1962). Estudos Ibero-Americanos, 35(2). https://doi.org/10.15448/1980-864X.2009.2.4046
Seção
Artigos