ENGENHEIROS ALEMÃES NO RIO GRANDE DO SUL, NA DÉCADA DE 1848-1858

  • Gunter Weimer

Resumo

Após a Revolução Farroupilha, procurou-se organizar, administrativamente, a Província que permanecia em conflito de interesses com o poder central. Estas tensões fizeram com que o último procurasse incentivar o desenvolvimento da Província que é analisado do ponto de vista das Obras Públicas. A falta de arquitetos e engenheiros nacionais deu oportunidade a que imigrantes qualificados assumissem estes pontos. A instabilidade administrativa provincial não dava segurança a estes cargos e os estrangeiros foram sumariamente demitidos à véspera da guerra do Paraguai, apesar de terem prestado relevantes serviços.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1979-12-31
Como Citar
Weimer, G. (1979). ENGENHEIROS ALEMÃES NO RIO GRANDE DO SUL, NA DÉCADA DE 1848-1858. Estudos Ibero-Americanos, 5(2), 151-206. https://doi.org/10.15448/1980-864X.1979.2.30869
Seção
Artigos