O LASTRO SOCIAL E A RENOVAÇÃO LITERÁRIA EM AS MENINAS DE LYGIA F. TELLES

  • Regina Igel

Resumo

Escritora afinada com sua época, Lygia Fagundes Telles reflete os problemas de uma juventude surpreendida com avanços de uma sociedade industrializada em tempo extraordinário. A confusão resultante se reflete no vocabulário e na atitude de jovens, que se debatem entre soluções ainda emaranhadas em cristalizadas mentalidades, das quais tentam escapar. A estrutura literária de As Meninas também reflete a rapidez com que fazem as mutações ambientais, daí o ponto de vista da narradora ser identificável a uma câmera fotográfica, que persegue as personagens em sua composição e desintegração.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1978-12-31
Como Citar
Igel, R. (1978). O LASTRO SOCIAL E A RENOVAÇÃO LITERÁRIA EM AS MENINAS DE LYGIA F. TELLES. Estudos Ibero-Americanos, 4(1), 103-108. https://doi.org/10.15448/1980-864X.1978.1.30854
Seção
Artigos