A posição do Brasil na questão da saída da Bolívia para o Pacífico

  • Maria de Fátima F. Piazza

Resumo

O problema da mediterraneidade da Bolívia tem preocupado a comunidade internacional, sendo o único caso do mundo de um Estado, que tendo nascido com costa marítima soberana, a tenha perdido após uma guerra pela manutenção da referida costa. Por isso, a Bolívia já recorreu a organismos internacionais, como a Organização das Nações Unidas (ONU) e a Organização dos Estados Unidos Americanos (OEA) sem perspectivas de soluções. O Brasil tem interesse no exito da «diplomacia de retomo al mar» que a Bolívia, vem desempenhando há um século, desde o término da Guerra do Pacífico. A partir do momento, em que a diplomacia boliviana conseguisse a pretendida salda, conseqüentemente, o Brasil também alcançaria este oceano face ao seu empenho para alcançar o Pacífico.

Entretanto, fica em aberto a questão: a visita do Presidente Figueiredo ao Chile, influiria no destino das negociações chileno-bolivianas acêrca da salda da Bolívia para o Pacífico?

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1980-12-31
Como Citar
F. Piazza, M. de F. (1980). A posição do Brasil na questão da saída da Bolívia para o Pacífico. Estudos Ibero-Americanos, 6(2), 169-190. https://doi.org/10.15448/1980-864X.1980.2.30623
Seção
Artigos