A colônia de São Lourenço

  • Hilda Agnes Hübner Flores

Resumo

Dentro da política governamental brasileira de ocupar, vazios demográficos através da colonização, surgiu em 1856, a Colônia de São Lourenço. Localizada na região sudeste do Estado, distanciada das demais congêneres nasceu graças ao espírito empreendedor e tenacidade do imigrante Jacob Rheingantz que, deixando de lado promissora carreira comercial, povoou com imigrantes na maioria pomeranos, cerca de 12 léguas quadradas de terras devolutas ou ocupadas com criação.

O presente artigo enfoca temas como: dados biográficos do empresáro, seu projeto de colonização, primeiros povadores, administração e crise, cuidados com cultura e religião, comercialização dos produtos coloniais. A capacidade empresarial de Rheingantz ressalta na implantação, 1874, da primeira indústria têxtil do país, dotada de sistema previdenciário pioneiro e impondo-se pela qualidade dos artigos no mercado americano, com continuidade por várias gerações de descendentes. H.A.H.F

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1982-12-31
Como Citar
Hübner Flores, H. A. (1982). A colônia de São Lourenço. Estudos Ibero-Americanos, 8(1), 63-80. https://doi.org/10.15448/1980-864X.1982.1.30610
Seção
Artigos