O CONCEITO DE SIMULTANEIDADE NA POÉTICA DE MÁRIO DE ANDRADE: BREVE ANÁLISE DE “A ESCRAVA QUE NÃO É ISAURA” E DE ALGUNS POEMAS PRODUZIDOS ENTRE 1922/30

  • José Augusto Avancini

Resumo

-

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1987-12-31
Como Citar
Avancini, J. A. (1987). O CONCEITO DE SIMULTANEIDADE NA POÉTICA DE MÁRIO DE ANDRADE: BREVE ANÁLISE DE “A ESCRAVA QUE NÃO É ISAURA” E DE ALGUNS POEMAS PRODUZIDOS ENTRE 1922/30. Estudos Ibero-Americanos, 13(1), 37-70. https://doi.org/10.15448/1980-864X.1987.1.30473
Seção
Artigos