CONFLITOS COLONIAIS E AS MISSÕES: UMA AVALIAÇÃO DAS ESTRUTURAS SÓCIO-ECONÔMICAS DO PARAGUAI (SÉCULOS XVI E XVII)

  • Erneldo Schallenberger ---

Resumo

O presente estudo visa reexaminar as situações de conflito que se estabeleceram no Prata entre as comunidades tribais indígenas e a sociedade expansionista colonial. Através do confronto das estruturas sócio-econômicas busca estabelecer as diferenças culturais e a intenção colonizadora, que encontrou na exploração de força de trabalho indígena a forma de realização do seu projeto social e econômico. As comunidades tribais são situadas em relação ao duplo movimento de projeção colonial dos colonos espanhóis e dos paulistas, do que resultaram conflitos coloniais em torno da questão da mão-de-obra e problemas de fronteira. Por fim, apresenta as reduções dentro de uma perspectiva missionário de solução dos problemas coloniais e como forma de articulação entre Estado Nacional e comunidades tribais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Erneldo Schallenberger, ---
---

Referências

---

Publicado
1984-12-31
Como Citar
Schallenberger, E. (1984). CONFLITOS COLONIAIS E AS MISSÕES: UMA AVALIAÇÃO DAS ESTRUTURAS SÓCIO-ECONÔMICAS DO PARAGUAI (SÉCULOS XVI E XVII). Estudos Ibero-Americanos, 10(2), 69-92. https://doi.org/10.15448/1980-864X.1984.2.30443
Seção
Artigos