Cornucópia visual mexicana: as fotografias do livro México seus recursos naturais, sua situação atual, 1922

  • Carlos Alberto Sampaio Barbosa UNESP/Assis
Palavras-chave: México revolucionário, fotografia, Centenário da Independência.

Resumo

O objetivo desse artigo é perceber como o México fez uso de um discurso visual, mais precisamente fotográfico, como estratégia de propaganda diplomática, cultural e política no Brasil. Para tanto utilizarei como fonte e objeto o livro “México sus recursos naturales, susituación actual: homenaje al Brasil en ocasión del primero centenario de su independencia 1822-1922”. Essa obra, editada pela Secretaria de Indústria Comércio e Trabalho, possui 320 páginas. A construção de sua narrativa é amplamente ancorada em fotografias, o que demonstra a importância que a imagem possuía para as autoridades mexicanas. Essa publicação faz parte da participação mexicana na exposição comemorativa do Centenário da Independência do Brasil, realizada no Rio de Janeiro em 1922. O livro se insere numa ampla participação mexicana nessa exposição que contava com um pavilhão, murais, películas e outros dispositivos visuais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AZUELA DE LA CUEVA, Alicia. Arte y Poder: renacimiento artístico y revolución social, México, 1910-1945. Zamora/México: El Colegio de Michoacán/FCE, 2005.

BARBOSA, Carlos Alberto Sampaio. Dois fotógrafos alemães em terras americanas: Hugo Brehme e Theodor Presing. In: GAWRYSZEWSKI, Alberto (Org.). Olhares sobre narrativas visuais. Niterói: Editora da UFF, 2012. p. 107-122.

CRESPO, Regina. Entusiasmo, temores, indiferença: o México na correspondência diplomática brasileira (1919-1959). In: Revista Eletrônica da ANPHLAC, São Paulo, n. 14, p. 43-61, jan.-jun. 2013.

DIAS, Natally Vieira. A Revolução Mexicana nos debates políticointelectuais brasileiros: projeções, leituras e apropriações (1910-

. Tese (Doutorado em História) – Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte, 2015.

FERNÁNDEZ, Horacio. Fotolivros latino-americanos. São Paulo: Cosac&Naify, 2011.

GONZÁLEZ FLORES, Laura. La modernidad imaginada/imaginaria de la fotografia en México y Brasil. In: COSTA, Helouise; FABRIS, Marcos (Orgs.). Modernismos em diálogo: o papel social da arte e da fotografia a partir da obra de Hans Gunter Flieg. São Paulo: Museu de Arte Contemporânea de São Paulo, 2015. p. 84-98.

HALE, Charles A. Emilio Rabasa y la supervivencia del liberalismo porfiriano. El hombre, sucarrera y sus ideas 1856-1930. México: FCE, 2012.

HARDMAN, Francisco F. Exposições universais: breve itinerário do exibicionismo burguês. In: Trem fantasma – a modernidade na selva. São Paulo: Companhia das Letras, 1988.

HART, John Mason. El México revolucionário: gestación y processo de la Revolución Mexicana. México: Alizanza Editorial Mexicana, 1990.

KNIGHT, Alan. La Revolución Mexicana: del profiriato al nuevo régimen constitucional. México: Fondo de Cultura Económica, 2010.

LÓPEZ AUSTIN, Alfredo. El águila y la serpiente. In: FLORESCANO, Enrique (Coord.). Mitos mexicanos. México: Aguilar, 1995. p. 15-20.

LOPEZ LUNA, Gerardo. Voceros del Pasado. In: El presente pasado 2.0. Disponível em: <https://elpresentedelpasado.com/2012/12/04/voceros-del-pasado/>. Acesso em: 19 jul. 2016.

MAJLUF, Natalia. Rastros de um paisaje ausente: fotografía y cultura visual em el área andina. In: Caiana – Revista de Historia del Arte y Cultura Visual del Centro Argentino de Investigadores de Arte (CAIA), n. 3, 2013. Disponível em: <http://caiana.caia.org.ar/template/caiana.php?pag=articles/article_2.php&obj=126&vol=3>. Acesso em: 06 jun. 2017.

MÉXICO. Secretaria de Industria Comércio y Trabajo. MÉXICO sus recursos naturales, susituación actual: homenaje al Brasil em ocasión del primero centenario de su independencia 1822-1922. México, 1922.

MOTTA, Marly Silva da. A nação faz cem anos: a questão nacional no centenário da independência. Rio de Janeiro: Editora FGV/ CPDOC, 1992.

PALACIOS, Guillermo. Intimidades, conflitos e reconciliações: México e Brasil 1822-1993. São Paulo/México: Edusp/SRE, 2008.

PARR, Martin; BADGER, Gerry. Photobook: a history. Nova York: Phaidon, 2010.

PESAVENTO, Sandra J. Exposições Universais – espetáculos da modernidade do século XIX. São Paulo: Hucitec, 1997. TENORIO-TRILLO, M. Artilugio de la nación moderna. México: Fondo de Cultura Económica, 1998.

TURAZZI, Maria I. Poses e trejeitos: a fotografia e as exposições na era do espetáculo (1839-1889). Rio de Janeiro: Rocco/Funarte, 1995.

Publicado
2018-04-18
Como Citar
Barbosa, C. A. S. (2018). Cornucópia visual mexicana: as fotografias do livro México seus recursos naturais, sua situação atual, 1922. Estudos Ibero-Americanos, 44(1), 93-104. https://doi.org/10.15448/1980-864X.2018.1.27695
Seção
Dossiê - Fotografia, Cultura Visual e História: perspectivas teóricas e metodológicas