A legitimidade da lei discriminatória: representações da família na legislação trabalhista argentina

  • Gabriela Dalla Corte Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Palavras-chave: Direito, Família, Argentina

Resumo

Este trabalho analisa as propostas do espanhol Bialet i Massé relativas ao contrato de trabalho e o labor operário e doméstico na Argentina de princípio do século XX. O estudo se centra na legitimação da ordem normativa assimétrica no terreno legal, tomando como referência os argumentos para a proteção da família c da mulher pobre. Foi dada especial atenção às particularidades do trabalho doméstico, das amas-de-leite, e o desenvolvido no espaço intra-familiar. 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1998-12-31
Como Citar
Corte, G. D. (1998). A legitimidade da lei discriminatória: representações da família na legislação trabalhista argentina. Estudos Ibero-Americanos, 24(2), 113-142. https://doi.org/10.15448/1980-864X.1998.2.27257
Seção
Artigos