De Roncesvales ao Contestado: resignificações da memória carolíngia na Península Ibérica e no Brasil

  • José Rivair Macedo
  • Márcia Janete Espig
Palavras-chave: Ciclo carolíngio, Cultura popular brasileira, Guerra do Contestado

Resumo

O presente artigo sintetiza o longo processo do desenvolvimento e da difusão da tradição carolíngia, desde seu início, na Idade Média, até os dias atuais, na cultura popular brasileira. Analisa também a relação entre o episódio mítico da batalha de Roncesvales, verificando a importância que assume sobre o movimento do Contestado (1912-1916). 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1999-12-31
Como Citar
Macedo, J. R., & Espig, M. J. (1999). De Roncesvales ao Contestado: resignificações da memória carolíngia na Península Ibérica e no Brasil. Estudos Ibero-Americanos, 25(1), 135-159. https://doi.org/10.15448/1980-864X.1999.1.25565
Seção
Artigos