Do Caribe para ao Hexágono: a emigração dos martiniquenses nos anos cinquenta/sessenta

  • Monique Milia
Palavras-chave: Cidadão, Agências governamentais, Emigração caribenha

Resumo

A emigração dos martiniquenses dos anos 1950/1960 é característica dos movimentos migratórios na região caribenha após a Segunda Guerra Mundial. Essencialmente dirigidos para as antigas metrópoles, estes movimentos migratórios são em parte organizados por agências governamentais, e sustentados por uma política migratória.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2000-12-31
Como Citar
Milia, M. (2000). Do Caribe para ao Hexágono: a emigração dos martiniquenses nos anos cinquenta/sessenta. Estudos Ibero-Americanos, 26(1), 53-66. https://doi.org/10.15448/1980-864X.2000.1.24785
Seção
Artigos