Movimento pela democracia: a luta política do PCdoB na imprensa alternativa durante o processo de redemocratização brasileira (1979)

  • Michelle Reis de Macedo Universidade Federal de Alagoas
Palavras-chave: imprensa alternativa, democracia, PCdoB

Resumo

A partir da segunda metade dos anos 1970, durante o processo de abertura política no Brasil, a imprensa alternativa assumiu um papel fundamental na criação de uma opinião pública antiditadura e na propagação de uma cultura de esquerda, ligada aos valores democráticos. Criado em 1975, o jornal Movimento atraiu, além de jornalistas sem espaços na grande imprensa, militantes de diversas correntes políticas, sobretudo do Partido Comunista do Brasil (PCdoB). Abandonando a estratégia da luta armada, parte daqueles que sobreviveram à repressão sentiram a necessidade de engajamento na luta política legal pelas liberdades democráticas e adotaram Movimento como porta-voz de suas demandas. A proposta, portanto, é refletir acerca das estratégias de luta de setores da esquerda brasileira pela democracia representativa através das páginas do jornal alternativo Movimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Michelle Reis de Macedo, Universidade Federal de Alagoas
Possui graduação (2006), mestrado (2008) e doutorado (2012) em História pela Universidade Federal Fluminense. Foi Professora Substituta da Universidade Federal Fluminense e, atualmente, é Professora Adjunta da Universidade Federal de Alagoas. É membro do grupo de pesquisa Brasil Republicano - Pesquisadores em História Cultural e Política (UFF) e do grupo de pesquisa História Social e Política (UFAL). Tem experiência na área de História do Brasil República, com ênfase nos estudos de História Política.

Referências

ARAÚJO, Maria Paula Nascimento. A utopia fragmentada. As novas esquerdas no Brasil e no mundo na década de 1970. Rio de Janeiro: FGV, 2000.

FERREIRA, Jorge. O nome e a coisa: o populismo na política brasileira. In: FERREIRA, Jorge (Org.). O populismo e sua história. Debate e crítica. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2001. p. 59-124.

IANNI, Octavio. O colapso do populismo no Brasil. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1968.

JELIN, Elizabeth. Los trabajos de la memoria. Colección Memorias de la represión. Siglo veintiuno de Argentina editores, 2002.

KUCINSKI, Bernardo. Jornalistas e revolucionários nos tempos da imprensa alternativa. São Paulo: Edusp, 2003.

MACEDO, Michelle Reis de. Recusa do passado, disputa no presente. Esquerdas revolucionárias e a reconstrução do trabalhismo no contexto da redemocratização brasileira (décadas de 1970 e 1980). Maceió: Edufal, 2015.

______. O movimento queremista e a democratização de 1945. Trabalhadores na luta por direitos. Rio de Janeiro: 7Letras, 2013.

MARTINEZ, Paulo Henrique. O Partido dos Trabalhadores e a conquista do Estado”. In: RIDENTI, Marcelo; REIS, Daniel Aarão (Org.). História do Marxismo no Brasil. Partidos e movimentos após os anos 1960. Campinas, SP: Editora da Unicamp, 2007. p. 239-288.

MARTINHO, Francisco Carlos Palomanes. A armadilha do novo: Luiz Inácio Lula da Silva e uma esquerda que se imaginou diferente. In: FERREIRA, Jorge; REIS, Daniel Aarão (Org.). As esquerdas no Brasil. Revolução e democracia – 1964... Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2007.

MOTTA, Rodrigo Patto Sá. O MDB e as esquerdas. In: FERREIRA, Jorge e REIS, Daniel Aarão (Org.). As esquerdas no Brasil. Revolução e democracia – 1964... Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2007.

REIS, Daniel Aarão. O Partido dos Trabalhadores: trajetórias, metamorphoses, perspectivas. In: FERREIRA, Jorge; REIS, Daniel Aarão (Org.). As esquerdas no Brasil. Revolução e democracia – 1964... Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2007.

SALES, Rodrigues Jean. Da luta armada ao governo Lula: a história do Partido Comunista do Brasil (PCdoB). In: FERREIRA, Jorge;

REIS, Daniel Aarão (Org.). As esquerdas no Brasil. Revolução e democracia – 1964.... Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2007.

THOMPSON, E. P. Tradición, revuelta y consciencia de clase. Barcelona: Crítica, 1979.

AMAZONAS, João. Entrevista. In: Movimento, n. 215, ago. 1979. p. 11-13.

AZEVEDO, Carlos. Arca de Noé ou Cavalo de Tróia? In: Movimento, n. 219, set. 1979. p. 5.

CARVALHO, Flávio. Comunistas: a batalha da legalidade. In: Movimento, n. 223, out. 1979. p. 7-9.

DUARTE, José. Entrevista. José Duarte volta da clandestinidade. In: Movimento, n. 228, nov. 1979. p. 10.

MOURA, Clóvis. O populismo no Brasil: inconsistente? In: Movimento, n. 214, ago. 1979. p. 21.

MOVIMENTO. Rio de Janeiro, n. 197, abr. 1979. p. 10.

PEREIRA, Duarte Pacheco. Do PT ao MDB. Por uma unidade popular que apresse o fim do regime. In: Movimento, n. 211, jul. 1979. p. 10.

PEREIRA, Duarte Pacheco. A Constituinte que queremos. In: Movimento, n. 228, nov. 1979. p. 8.

PRESTES, Luiz Carlos. Entrevista. In: Movimento, n. 207, jun. 1979. p. 9 e 10.

RABELO, Renato. Entrevista. In: Movimento, n. 208, jun./jul. 1979. p. 12

Publicado
2017-03-23
Como Citar
Macedo, M. R. de. (2017). Movimento pela democracia: a luta política do PCdoB na imprensa alternativa durante o processo de redemocratização brasileira (1979). Estudos Ibero-Americanos, 43(1), 204-217. https://doi.org/10.15448/1980-864X.2017.1.24758