Marechal Rondon e a Trajetória de um Militar Sertanista na Primeira República Brasileira: Investigação sobre a Intervenção do Estado e o Processo Civilizador da População Indígena

  • Fernando da Silva Rodrigues Universidade Salgado de Oliveira
Palavras-chave: Rondon, militares, sertão, civilização

Resumo

Esta investigação sobre a intervenção do Estado na sociedade brasileira na Primeira República foi delineada pela construção do território, pela delimitação das fronteiras terrestres e pela construção da nacionalidade. Será neste contexto que o Marechal Rondon, engenheiro e militar apoiou o projeto de Estado relacionado com a missão civilizadora dos grupos indígenas no sertão centro-oeste e norte do Brasil, base para integração do litoral ao interior, feito inicialmente através da construção das linhas telegráficas e definido com as demarcações das fronteiras.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernando da Silva Rodrigues, Universidade Salgado de Oliveira

Possui Graduação em História pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1997), Especialização em História do Século XX pela Universidade Cândido Mendes (2002), Mestrado em História Social pela Universidade Severino Sombra (2005), Doutorado (2008) e Estágio de Pós-Doutorado (2013) em História Política pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Atualmente é pesquisador de História Militar e Estudos de Defesa da Escola Superior de Guerra (ESG), professor da Pós-Graduação Lato Sensu em Coordenação Pedagógica do Centro de Estudos de Pessoal do Exército, e bolsista de pesquisa da FAPERJ. Coordena a linha de pesquisa A Questão Geopolítica da Amazônia, no Laboratório de Defesa Nacional e Segurança Internacional (LABSDEN), além de ser investigador do Laboratório de Estudo sobre Sociedade e Defesa (LABSDEF), ambos da ESG. É membro da Associação Brasileira de Estudos de Defesa (ABED), da Associação Nacional de História (ANPUH), do Núcleo de Estudos das Américas (NUCLEAS/UERJ), e pesquisador colaborador do Centro de Estudos e Pesquisas de História Militar do Exército (CEPHIMEX). Autor do livro, Indesejáveis: instituição, pensamento político e formação profissional dos oficiais do Exército brasileiro (1905-1946), e organizador dos seguintes livros, História Militar: novos caminhos e novas abordagens; História Social das Fronteiras; e Integração na América Latina: a História, a Economia, e o Direito. 

Referências

BRASIL. Arquivo Histórico do Exército. Fé de Ofício do General Cândido Mariano da Silva Rondon, de 1881 a 1930. ARTMHEx/ FC – Pasta 25A, nº 010517.

______. Arquivo Histórico do Exército. Relatório do Ministro da Guerra de 1900.

______. Arquivo Histórico do Exército. Relatório do Ministro da Guerra de 1907.

______. Decreto nº 8.072, de 20 de junho de 1910. Disponível em: http://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/1910-1919/decreto- 8072-20-junho-1910-504520-publicacaooriginal-58095-pe.html. Acesso em: 05 jan. 2016.

______. Missão Rondon. Apontamentos sobre os trabalhos realizados pela Comissão de Linhas Telegraphicas Estrategicas de Matto-Grosso ao Amazonas, sob direção do Coronel de Engenharia Candido Mariano da Silva Rondon, de 1907 a 1915. Rio de Janeiro: Typographia do Jornal do Commercio, 1916.

_____. Relatório do Ministério da Agricultura, p. 53. Disponível em: http://brazil.crl.edu/bsd/bsd/u2001/000091.html. Acesso em: 05 jan. 2016.

_____. Lei nº 3.454, de 06 de janeiro de 1918. Disponível em: http://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei/1910-1919/lei-3454- 6-janeiro-1918-571960-publicacaooriginal-95095-pl.html. Acesso em: 05 jan. 2016.

_____. Decreto nº 24.700, de 12 de julho de 1934. Disponível em: http://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/1930-1939/ decreto-24700-12-julho-1934-519729-retificacao-80373-pe.html. Acesso em: 05 jan. 2016.

_____. Lei nº 3.071, de 01 de janeiro de 1916. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L3071.htm. Acesso em: 05 jan. 2016.

_____. Decreto nº 5.484, de 27 de junho de 1928. Disponível em: http://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/1920-1929/ decreto-5484-27-junho-1928-562434-publicacaooriginal-86456- pl.html. Acesso em: 05 jan. 2016.

BECKER, Bertha. K. Geopolítica da Amazônia. Revista Estudos Avançados, São Paulo, USP, v. 19, n. 53, p. 71-86, jan./abr. 2005.

CARVALHO, José Murilo. Pontos e bordados: escritos de história e política. Belo Horizonte: UFMG; 1999.

CORRÊA, José Gabriel Silveira. A administração dos índios: as diretrizes para funcionamento dos postos indígenas do SPI. In: LIMA, Antonio Carlos de Souza (Org.). Gestar e Gerir: estudos para uma antropologia da administração pública no Brasil. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 2002. p. 125-146.

CUNHA, Euclides da. Os Sertões: campanha de Canudos. Rio de Janeiro: Laemmert, 1903.

ELIAS, Norbert. O ProcessO Civilizador: formação do Estado e

civilização. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1993.

_____. O Processo Civilizador: uma história dos costumes. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1994.

FERREIRA, Marieta de Moraes; GOMES, Ângela de Castro. Primeira República: um balanço historiográfico. Revista Estudos Históricos, Rio de Janeiro, FGV, v. 2, n. 4, p. 244-280, 1989.

KOSSOY, Boris. Fotografia e História. São Paulo: Ática, 1989.

LE GOFF, Jacques. História e Memória. Campinas: Ed. Unicamp, 1992.

LIMA, Nísia Trindade. Um sertão chamado Brasil. Rio de Janeiro: Revan, 1998.

MAGALHÃES, Coronel Amílcar A. Botelho de. Rondon, uma relíquia da pátria. Rio de Janeiro: Imprensa Nacional, 1946.

MALERBA, Jurandir. Sobre Norbert Elias. In. MALERBA, Jurandir (Org.). A velha história: teoria, método e historiografia. Campinas: Papirus, 1996.

NETO, Edgar F. História e Etnia. In: CARDOSO, Ciro Flamarion; VAINFAS, Ronaldo (Orgs.). Domínios da História: ensaios e metodologia. Rio de Janeiro: Campus, 1997. p. 313-328.

REMOND, René (Org.). Por uma história política. Rio de Janeiro: UFRJ/FGV, 1996.

RODRIGUES, Fernando. Indesejáveis: instituição, pensamento político e formação profissional dos oficiais do Exército brasileiro (1905-1946). Jundiaí: Paco Editorial, 2010.

SCHWEICKARDT, Júlio Cesar. Ciência, Nação e Região: as doenças tropicais e o saneamento no estado do Amazonas, 1890- 1939. Rio de Janeiro: Editora FIOCRUZ, 2011.

Publicado
2017-03-23
Como Citar
Rodrigues, F. da S. (2017). Marechal Rondon e a Trajetória de um Militar Sertanista na Primeira República Brasileira: Investigação sobre a Intervenção do Estado e o Processo Civilizador da População Indígena. Estudos Ibero-Americanos, 43(1), 122-134. https://doi.org/10.15448/1980-864X.2017.1.23277
Seção
Dossiê: Atores e trajetórias do campo indigenista na Américas