Voto, representação política e soberania popular na república brasileira

  • Cláudia Maria R. Viscardi Universidade Federal de Juiz de Fora
Palavras-chave: cidadania, voto, eleição.

Resumo

Trata-se de uma discussão acerca do regime eleitoral da primeira década da república brasileira e de suas relações com a concepção que se tinha no período acerca de democracia, povo, representação e soberania popular. Com base no uso da história dos conceitos, na investigação acerca das leis eleitorais e do texto constitucional de 1891, foi feita uma análise dos direitos políticos e de suas manifestações ao longo dos primeiros anos do novo regime no Brasil. Propõe-se a partir da documentação e do diálogo historiográfico, perceber de que forma o regime em seus primeiros anos formulou princípios basilares que sustentariam os processos de tomada de decisões, tanto no interior do Estado como no âmbito da sociedade civil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cláudia Maria R. Viscardi, Universidade Federal de Juiz de Fora

Professora Titular do Departamento de História e do
Programa de Pós-Graduação em História
Universidade Federal de Juiz de Fora

Referências

ALONSO, Ângela. Ideias em movimento: a geração de 1870 na crise do Brasil-Império. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2002.

BAKER, Keith Michael. Inventing the French Revolution. Cambridge: Cambridge University Press, 1990.

BATALHA, Cláudio. O movimento operário na primeira república. Rio de Janeiro: Zahar, 2000.

CANÊDO, Letícia Bicalho. Aprendendo a votar. In: PINSKY, Jaime; PINSKY, Carla Bassanezi (Org.). História da cidadania. 6. ed. São Paulo: Contexto, 2013.

______. As listas eleitorais e o processo de nacionalização da cidadania no Brasil (1822-1945). Revista Pro-Posições, v. 6, n. 3 [18], p. 30-46, 1995. Disponível em: <http://www.proposicoes.fe.unicamp.br/~proposicoes/textos/18_artido_canedol.pdf>. Acesso em: 8 ago. 2012.

CARONE, Edgard. A república velha: evolução política. São Paulo: Difel, 1972.

CARVALHO, Maria Alice Rezende de. Vertentes do republicanismo nos oitocentos brasileiro. Revista da USP, São Paulo, n. 59, p. 72-85, set.-nov. 2003.

CARVALHO, José Murilo de. Os Bestializados: o Rio de Janeiro e a República que não foi. São Paulo: Cia das Letras, 1989.

______. Cidadania no Brasil: o longo caminho. 2. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2002.

CAVALCANTI, Themistocles Brandão. O voto distrital no Brasil. Rio de Janeiro: FGV, 1975.

DEMINICIS, Rafael Borges; REIS FILHO, Daniel Aarão (Org.). História do anarquismo no Brasil. Niterói e Rio de Janeiro: Ed. UFF e Ed. Mauad, 2006, v. 1.

FONSECA, Vitor Manuel Marques da. No gozo dos direitos civis: associativismo no Rio de Janeiro, 1903-1916. Rio de Janeiro: Faperj-Muiraquitã, 2008.

GARRARD, John. Democratization in Britain: elites, civil society and Reform since 1800. Houndmills, Basingstoke, Hampshire: Palgrave, 2002.

GOMES, Ângela Maria de Castro. A invenção do trabalhismo. Rio de Janeiro: Iuperj/Vértice, 1988.

GRAHAM, Richard. Clientelismo e política no Brasil do século XIX. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 1997.

HUNT, Lynn. A invenção dos direitos humanos, uma história. São Paulo: Cia das Letras, 2009.

KINZO, Maria Dalva Gil. Representação política e sistema eleitoral no Brasil. São Paulo: Edições Símbolo, 1980.

LEAL, Victor Nunes. Coronelismo, enxada e voto: o município e o regime representativo no Brasil. 6. ed. São Paulo: Alfa-Ômega, 1993.

LESSA, Renato. A invenção republicana. Rio de Janeiro: Vértice, 1988.

MAC CORD, Marcelo; BATALHA, Cláudio Henrique de Moraes (Org.). Organizar e proteger: Trabalhadores, associações e mutualismo no Brasil (séculos XIX e XX). Campinas: Unicamp, 2014.

MELLO, Maria Tereza Chaves de. A República Consentida: Cultura Democrática e Científica no Final do Império. Rio de Janeiro: FGV, EDUR, 2007.

NICOLAU, Jairo. A participação eleitoral: evidências sobre o caso brasileiro. Paper apresentado no VIII Congresso Luso-Brasileiro de Ciências Sociais. Coimbra, 2004.

PAIVA, Maria Arair Pinto. Direito político do sufrágio no Brasil (1822-1982). Brasília: Thesaurus, 1985.

PRADO, Maria Emília. Memorial das desigualdades: os impasses da cidadania no Brasil: 1870; 1902. Rio de Janeiro: Revan, 2005.

RICCI, Paolo; ZULINI, Jaqueline P. Tipos, causas e a geografia da fraude eleitoral na Primeira República (1889-1930). Paper apresentado no VIII Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política (ABCP), Gramado, 01-04 de agosto de 2012.

SILVA, Eduardo. As queixas do povo. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1988.

VISCARDI, Cláudia. Maria Ribeiro. Minas de dentro para fora: a política interna mineira no contexto da Primeira República. Locus: Revista de História, Juiz de Fora, v. 5, n. 2, p. 89-99, 1999.

______. Federalismo e cidadania na imprensa republicana (1870-1889). Tempo, revista de História, UFF, Niterói, v. 18, n. 32, 2012a.

______. O teatro das oligarquias: uma revisão da política do café com leite. Belo Horizonte: Fino Traço, 2012b.

Publicado
2015-07-16
Como Citar
Viscardi, C. M. R. (2015). Voto, representação política e soberania popular na república brasileira. Estudos Ibero-Americanos, 41(1), 14-39. https://doi.org/10.15448/1980-864X.2015.1.20448